Fala-me de música

Músicos célebres

Giuseppe Verdi

Compositor dedicado quase exclusivamente à ópera Giuseppe Verdi nasceu a 10 de Outubro de 1813, em Le Roncole, uma aldeia perto de Busseto, meio perdida no ducado de Parma. Devido às anexações e conquistas napoleónicas, Verdi chegou ao mundo como cidadão francês, registado com o nome de Joseph François Fortunin Verdi. Os pais eram estalajadeiros mas, a partir dos 4 anos, proporcionaram-lhe uma boa educação.
Revelou-se um menino-prodígio,pois aos 9 anos já era capaz de substituir o organista na igreja e aos 14 compunha peças suficientemente boas para serem tocadas pela filarmónica local.
Aos 17 anos, o jovem músico foi viver para casa dos Barezzi, cujo chefe de família, Antonio Barezzi, que era um músico amador notável, e apesar da sua timidez apaixonou-se pela sua filha Margherita, com quem casou em 1836. Neste mesmo ano sucedeu ao seu antigo professor, Ferdinando Provesi, como mestre de música de Busseto.
A sua primeira ópera, que sofreu inúmeras alterações, intitulou-se "Oberton, Conte di San Bonifacio", que se estreou no Scala de Milão a 17 de Novembro de 1839 e teve um sucesso estimável.
"Nabucodonosor", uma ópera sacra, na esteira do "Mosè in Egitto" (1818), de Rossini, teve uma estreia retumbante no mesmo teatro.
Nos 15 anos que se seguiram a "Nabuco", como a ópera passou a ser conhecida, Verdi escreveu cerca de 20 óperas, mas nas últimas quatro décadas da sua vida, somente mais 5.
Baseou as suas composições em peças de todos os seus ídolos literários: "Ernani" (1844, Victor Hugo); "I Due Foscari" (1844, Lord Byron); "Giovanna d'Arco" (1845, Schiller); "Alzira" (1845, Voltaire); "I Masnadieri" (1847, Schiller); "Il Corsaro" (1848, Byron);
"Luisa Miller" (1849, Schiller); "Rigoletto" (1851, Victor Hugo); "Don Carlos" (1867, Schiller); "Otello" e "Falstaff" (1887 e 1893, Shakespeare).
Outros bons títulos do ilustre compositor são: "Il Trovatore", com texto de Antonio Gutièrrez; "La Traviata", da obra de Alexandre Dumas filho; "As Vésperas Sicilianas", 1855; "Baile de Máscaras", 1859 e "Aida".
Em honra do poeta Manzoni, em 1874, escreve o seu monumental "Requiem".
Verdi era um sujeito solitário, taciturno, autocrático e de mau feitio.
O muito dinheiro que ganhava com a representação das suas obras era investido na compra de terras em Sant'Agata e na exploração agrícola, onde utilizava maquinaria moderna, com propulsão a vapor.
Os dois filhos que teve do casamento com Margherita morreram pequeninos e a própria mãe, muito nova, morreu também, supõe-se de meningite. Em Paris o músico trava relações com uma cantora, Giuseppina Strepponi, que se torna sua amante e com quem acaba por casar e viver até ao fim da vida.
A 19 de Jameiro de 1901, Giuseppe Verdi sofreu uma trombose. Nunca mais ganhou consciência e a vigília durou uma longa semana. A 27 do mesmo mês o coração deixou de bater.

José Fernandes da Silva

Capa | Conteúdos | Músicos célebres

Agora no Fala-me de música podes ter aulas de guitarra, presencialmente ou pela Internet.
Contacta-nos para saberes como.

Luís Oliveira
Telefone: 912938436 ou 966544836
Skype: lrouxinol